"O amor acontece de repente, quando estamos desprevenidos. Pode estar subindo num elevador ou descendo as escadas; atravessando a rua displicente ou, nesse mesmo instante, parando no sinal vermelho. Quem sabe esteja à nossa espera na caixa do correio ou num perfil de Facebook; numa esquina sem semáforo ou num engarrafamento medonho. Não o imaginamos comprando remédio na farmácia ou frutas no supermercado; sempre o projetamos com as nossas expectativas de perfeição, como um ser etéreo, saído de algum conto de fada. Não nos damos conta de que ele pode bocejar de cansaço ou beber além da conta; de que pode não ter os atributos de um herói, mas nos salvar da incompletude; de que pode ter muitos defeitos, mas mesmo assim nos fazer feliz."

Fred Medeiros.  (via oxigenio-dapalavra)

(Source: autorias, via oxigenio-dapalavra)

A onda ainda quebra na praia, espumas se misturam com o vento. No dia em que ‘ocê foi embora, eu fiquei sentindo saudades do que não foi, lembrando até do que eu não vivi, pensando nós dois.

Eu lembro a concha em seu ouvido trazendo o barulho do mar na areia. No dia em que ‘ocê foi embora, eu fiquei sozinho olhando o sol morrer por entre as ruínas de santa cruz, lembrando nós dois.

Os edifícios abandonados, as estradas sem ninguém. Óleo queimado, as vigas na areia. A lua nascendo por entre os fios dos teus cabelos.

Por entre os dedos da minha mão passaram certezas e dúvidas pois no dia em que ‘ocê foi embora eu fiquei sozinho no mundo, sem ter ninguém. O último homem no dia em que o sol morreu.

"Não são por essas coisas que não se ama. Não são por essas coisas que se ama. Essas são apenas as coisas sobre as quais conseguimos falar na nossa ânsia de ocupar a cabeça enquanto nos encaramos um pouco assustados. A verdade é que, no meio da multidão, estamos carregando nossas malas pesadas de riquezas e belezas e sentimentos. E uma hora, só porque acontece e não se pode explicar sem parecer ingênuo e arrogante, escolhemos uma pessoa que nos leve. Eu sei que é amor porque eu te escolhi pra me levar e, mesmo você não tendo aceitado, eu fui."

Tati Bernardi (via eternismo)

(Source: recomendar, via eternismo)

(Source: gliocchisorridono, via wrsfly)

(Source: sleepylaugh, via oxigenio-dapalavra)

"Entra solidão, você já é de casa."

Atritar. (via oxigenio-dapalavra)

(Source: atritar, via oxigenio-dapalavra)

(Source: vocecortes, via re-conquista)